“O Senhor é o meu pastor; nada me falatará. Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso”. (Sl 23:2); neste mundo acelerado que vivemos, em um ritmo frénético; com perseguições, problemas a resolver, pressões familiares, cobrança de resultados, contas a pagar, bens a adquirir… tudo isto e muito mais tem nos levado para longe das águas tranquilas que o bom Pastor nos quer conduzir! Mas não tem como vivermos neste mundo sem estas cobranças e objetivos a alcançar… e aí? O que fazer?…como viver neste mundo acelerado e ao mesmo tempo usufruir dos pastos verdejantes e das águas de descanso que ele nos promete? 

1º Aceitar o pastoreio do Senhor em nossas vidas: “…O Senhor é o meu pastor e nada me faltará…”aceitar é crer que o Senhor vai suprir todas as nossas necessidades. Ele é o nosso pastor, precisamos estar debaixo do seu cajado. “Tenho-vos dito isto, para que em Mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo.” (Jo 16:33); temos que aceitar a condução do pastor de nossas almas em nossas vidas. Só nEle vamos ter paz; só aceitando a direçao da palavra em nossas ações, em nossas decisões, em nossa vida. É viver com a paz de Deus neste mundo de aflições. “Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor de todas o livra”. (Sl 34: 18, 19) Ele não está falando que iremos estar livres das aflições, mas que quando estivermos aflitos, Ele nos livrará! O cajado do Pastor vai nos direcionar para vencermos os momentos de aflição.  

2º Parar e Orar: Não há outra maneira de alcançar os “…pastos verdejantes e as águas de descanso…”a não ser pela oração. Jesus é o nosso maior exemplo; Ele teve que sair da sua correria e ir para um deserto para orar; estar a sós com Deus e descansar a alma. “…Tendo-se levantado alta madrugada, saiu, foi para um lugar deserto e ali orava.” (Mc 1:32-35). Jesus teve que criar um abiente pra ficar sozinho com Deus. Depois de um dia extenuante, de muitas curas e libertações, Jesus teve que ir para um Deserto; Ele buscou um lugar silencioso. Dentro do seu dia a dia, da sua relidade de vida, da sua correria, você necessita criar um lugar de silêncio e ouvir a Deus. Águas tranquilas falam de um lugar calmo; que seja dentro de um carro; que seja no seu quarto; que seja à beira de um lago; que seja no seu escritório ou no quintal de sua casa; que seja de dia ou de madrugada… crie momentos, coloque uma música de adoração, busque alternativas pra você criar um lugar calmo e se encontrar com o Senhor da sua alma. Só Ele vai tranquilizar sua ansiedade e suas preocupações, trazendo refrigério para sua alma. “A minha alma está profundamente triste… e orava para que, se possível, lhe fosse poupada aquela ora… vigiai e orai…” (Mc 14:34-35, 38). Quando devemos orar? Em todo tempo. “Orai sem cessar… vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis… Fiel é o que vos chama, O qual também o fará.” (I Tes 5:17 e 23-24). É Ele que vai conservar nossas vidas em águas de descanso. “Acautelai-vos para que o seu coração não fique sobrecarregado das preocupações deste mundo… pois há de sobrevir a todos que vivem sobre a terra… Vigiai a todo tempo, ORANDO…” (Lc 21: 34-36). VAMOS ORAR??? 

Rogério Nascimento

Siga-nos e compartilhe: