“À noite, sobreveio a Paulo uma visão na qual um varão macedônio estava em pé e lhe rogava, dizendo: Passa à Macedônia e ajuda-nos. Assim que teve a visão, imediatamente, procuramos partir para aquele destino, concluindo que Deus nos havia chamado para lhes anunciar o evangelho”. (At 16:9,10). Mesmo sem uma direção clara do que iria acontecer ou o que deveria fazer, Paulo estava convicto que Deus tinha um propósito e se manifestaria ali. Deus está procurando pessoas que reagem imediatamente para cumprir Seu propósito. “Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim”. (Is 6:8); “Portai-vos com sabedoria para com os que são de fora; aproveitai as oportunidades.” (Cl 4:5). Muitas vezes pedimos a Deus: “me usa!” ELE tem te dado oportunidades e diz: VAI; é você que Eu quero usar; porém, quantas vezes reclamamos do trabalho, da escola, dos vizinhos, dos colegas e não enxergamos como um lugar de semeadura da Palavra de Deus. Ele conta com você e comigo para juntos sermos instrumentos de ajuda e salvação para essas pessoas. “… pareceu-nos haver ali um lugar de oração… aconteceu que, indo nós para o lugar de oração…” Por duas vezes é mencionado “lugar de oração”. Oração é relacionamento. Assim como você se relaciona com pessoas assim é com Deus. Muitas pessoas seguem “N” pessoas no Instagram, Twitter, no Facebook, Youtube, mas não seguem a Deus e não compartilham quem Ele é.  Você pode conviver com pessoas sem se relacionar com elas. Precisamos fazer da oração um hábito na nossa vida; oração é a chave que abre os céus. Em Filipos, Paulo e Silas anunciam o evangelho para 3 pessoas com realidades e contextos diferentes. Lídia, asiática, empresária bem-sucedida (a “púrpura” era caríssima e somente a alta sociedade podia comprar), a jovem grega possessa de espírito adivinhador, que dava grande lucro aos seus senhores e o carcereiro romano que era funcionário público. O Senhor abriu o coração de Lídia para atender às coisas que Paulo dizia (Vs.14); Paulo expulsou o espírito enganador da jovem e ela é liberta (vs. 19) e ainda impediu que o carcereiro se matasse (vs.27).

Cárcere é lugar de dor, de sofrimento, de acusação, de abandono, de esquecimento. No cárcere, você não tem amigos, tem companheiros; é lugar de reflexão. Quando você é livre, pode fazer o que quer, como quer, quando quer, do jeito que quer. No cárcere, você é limitado, você recebe e cumpre ordens; você está só. Além de Paulo e Silas, outros homens de Deus passaram pelo cárcere: José, Pedro e Davi: “Atende o meu clamor, pois me vejo muito fraco; livra-me dos meus perseguidores, porque são mais fortes do que eu. Tira a minha alma do cárcere, para que eu dê graças ao teu nome; os justos me rodearão, quando me fizeres esse bem”. (Sl 142:6,7); Davi fala do cárcere da alma, das emoções, dos sentimentos. Tem situações na nossa vida que nos sentimos sozinhos, abandonadas, fracos, sem expectativa. No cárcere somos tentados a desacreditar em Deus e na veracidade da sua Palavra: “Ei; onde está teu Deus?”, “Ele não falou que estaria com você”? Todos nós estamos suscetíveis a passar por problemas e cabe a cada um enxergá-los como obstáculos ou como um empurrão para o nosso crescimento. Que tipo de cárcere você está? O que te prende hoje? Mágoa? Amargura? Falta de perdão? Ressentimento? Ansiedade? Medo? Dúvida? Angústia? Dívidas? Desânimo? Apatia? Doença? “Paulo e Silas oravam e cantavam louvores a Deus veio um grande terremoto, abriram-se todas as portas e soltaram-se as cadeias de todos.” (At 16:25) Começando hoje, tome a decisão de orar e louvar a Deus. “… cantai louvores ao seu nome, porque é agradável” (Sl 135:3). Eles estavam presos e machucados, mas isso não foi impedimento para experimentar a presença de Deus. “De repente, sobreveio tamanho terremoto, que sacudiu os alicerces da prisão; abriram-se todas as portas, e soltaram-se as cadeias de todos.” (vs.26). Todos nós passamos pelos “DE REPENTES DA VIDA”. De repente, você perde o emprego, passa por uma separação, perde um ente querido, adoece, fica endividado, tem depressão e etc. “DE REPENTE NA TUA VIDA”, não é pra você se prostrar, mas é para fortalecer a sua fé, te encorajar e te lembrar de que o Senhor é o teu escudo. E aquilo que é dor, sofrimento, angústia, tristeza na sua vida DE REPENTE o SENHOR vai sacudir os alicerces, vai abrir as portas e soltar as cadeias. De repente, o livramento, a alegria, a cura e a vitória vão chegar, porque “agindo Deus quem impedirá”? Quando o SENHOR AGE, ELE AGE COM FORÇA, COM PODER, COM AUTORIDADE. Vai ser um TERREMOTO, VAI SER ALGO SOBRENATURAL. Prepara-te para o de repente do Senhor. O carcereiro, ao ver que as portas estavam abertas, tentou se matar, mas Paulo o impede de fazê-lo. “Tendo pedido uma luz” – quantas pessoas estão nas trevas, no pecado e tem nos pedido uma luz. Quantas pessoas morrem todas os dias e muitas estão indo para o inferno e isso não nos afeta. Nos compadecemos ao ver “uma criança que morre afogada”, mas não nos compadecemos dos que morrem “sem salvação”! Quantos estão clamando hoje: “passa à Macedônia e ajuda-nos”? Pra. Nicinha.

Siga-nos e compartilhe: